TUNICO VILLANI E GRUPO KARAKURU LANÇAM PRIMEIRO DISCO
MUSICAL INFANTIL “O TUBARÃO MARTELO E OS HABITANTES DO FUNDO DO MAR” FAZ ÚNICA  APRESENTAÇÃO NO DIA 11 DE MARÇO, NO TEATRO BRADESCO, EM BH

   O percussionista Tunico Villani lança seu primeiro CD com o Grupo Karakuru, apresentando dez canções autorais. O disco tem direção artística de Paulo Santos (Grupo Uakti) e traz elementos do maracatu pernambucano, do congado mineiro,  do afro-brasileiro, do  forró, do samba reggae e do jazz. O show será no dia 23 de maio, quarta-feira, às 20h, na sala Juvenal Dias do Palácio das Artes, em Belo Horizonte.

Hábil executor de marimba, berimbau, djembê, caixas, conga e outros instrumentos de percussão, foi a partir da capoeira, onde aprendeu a jogar com vários mestres baianos e mineiros, que Tunico Villani voltou-se para a música instrumental. Seu trabalho tem forte influência do Grupo Uakti, com o qual participou de cursos e oficinas; complementado por cursos de extensão e matérias opcionais no Conservatório de Música da UFMG. Além de integrar algumas bandas de forró, samba, pop e MPB, Tunico Villani e professor de música para jovens e crianças de projetos sociais, como Instituto Kairós, Projeto SESI Educando Além da Escola e Querubins, onde deu aulas de 1998 a 2016. E é com os jovens que se destacaram nas oficinas que realizou nos projetos onde atuou que surgiu o Grupo Karakuru, que agora são seus parceiros no disco. São integrantes do Grupo os músicos Leléu Lima, Aírton Andrade, Marcus Bú, Marcelo Rodrigues, Fred Santos e Leon Dantas.

Faixa a faixa, por Tunico Villani

Faixa 1 - “Manucatu” (Compositor: Tunico Villani/ Marimba de vidro: Décio Ramos / Flautas: Bruno Pimenta/  Caixa de Folia, Carrilhão e Panela d’agua: Tunico Villani / Caixa de Folia: Marcus Bú e Marcelo Rodrigues / Alfaias e Tarol: Daniela Ramos / Violão: Marcelo Dinis / Cowbell: Leléo Lima) . Música autoral com elementos do maracatu pernambucano e do congado mineiro. Participação especial de Décio Ramos (Grupo Uakti), interpretando a música na marimba de vidro e Daniela Ramos Alfaias e Caixa Clara.

Faixa 2 - “Quequé no Cerrado”  (Compositor: Tunico Villani / Marimba de vidro, Zabumba, Djembê, Triângulo, caxixis, kicó e Berimbau: Tunico Villani / Marimba de madeira/Solo, Flauta Bambu e Flauta PVC: Paulo Santos / Marimba de madeira: Josefina Cerqueira / Violão: Glaúcio Barbosa). Música inspirada no agreste nordestino. Com ritmos de forró, executados em marimbas de vidro e madeira e flautas. Acompanhadas de zabumba, triangulo, berimbaus, djembê e caxixis. Com participação especial de Paulo Santos (Grupo Uakti) e Josefina Cerqueira.

Faixa 3  - “Vôo Duplo” (Compositor: Tunico Villani / Marimba de vidro e Tambor falante: Tunico Villani / Marimba de Madeira/Solo: Paulo Santos / Marimba de Madeira: Josefina Cerqueira  / Conga: Aírton Andrade / Tumba: Marcus Bú / Cowbell: Leléo Lima / Djembê: Fred Santos / Djumdjum: Leon Dantas / Arranjo de tambores: Fred, Aírton, Bù e Leléo). Música com elementos Afro-brasileiros e arranjos de tambores criados e executados pela primeira turma de alunos de percussão de Tunico Villani. A obra faz referência a música “Ponta de Areia” de Milton Nascimento e Fernando Brant, executada em marimbas de vidro e madeira.

Faixa 4 - “Medéia”  (Compositor: Tunico Villani  / Marimba de vidro/Solo: Décio Ramos / Marimba de vidro: Marcelo Rodrigues / Zabumba, Triângulo e Berimbau: Tunico Villani / Sanfona: Rodrigo Vasconcelos  / Baixo: Caio Valente  / Caxixí: Marcus Bú/ Convidado especial: Fred Jamaica). Esta música é uma nova versão de um forró instrumental, que foi gravada no primeiro CD da banda Alcalyno e já é conhecida e tocada no círculo do Forró mundial.

Faixa 5 - “Tia Nena” (Compositor: Tunico Villani  / Marimba de vidro e efeitos: Tunico Villani  / Marimba de vidro/Solo: Marcelo Rodrigues / Jam Blocks, Prato e Carrilhão: Leléo Lima / Caxixi: Marcus Bú  / Contrabaixo: Fred Jamaica). Música criada no piano e gravada em marimba de vidro com o ritmo composto e de percussão suave.

Faixa 6 - “Estrela do Oriente” (Compositor: Tunico Villani / Voz, Flauta de bambu, Berimbaus, Tambor falante e efeitos: Tunico Villani / Voz e Violino: Paulo Sergio Thomaz  / Caixa de folia e Jam Blocks: Leléo Lima / Congas: Marcus Bú / Caxixí: Marcelo Rodrigues / Didgeridoo: Babu Xavier). Música desenvolvida em uma flauta de bambu com ritmo composto e elementos que remetem a cultura oriental. Com participação especial de Paulo Thomas nos vocais e violino e Babu Xavier no Didgeridoo.

Faixa 7 - “Verde com Vermelho” (Compositores: Tunico Villani e Podé / Marimba de vidro e Djembê: Tunico Villani / Violão e Voz: Podé / Caixa de folia: Leléo Lima / Tarol: Marcelo Rodrigues / Xequerê, Djembê e Tama: Ricardo Guerra / Trompete e trombone: Alex Deyvd / Vozes: Tunico Villani, Fred Jamaica e Podé). Música com influência do samba-reggae. Executada em marimbas de vidro. Com participação especial de Podé nos vocais e violão, Ricardo Guerra no Djembê, Tama e Xequerê.

Faixa 8 -“Noite na Tapera” - Compositor: Tunico Villani e Zezão Mesquita/ Marimba de vidro, Djembê, Pratos, Tambor falante e efeitos: Tunico Villani / Marimba de madeira/Solo e efeitos: Paulo Santos / Marimba de madeira: Josefina Cerqueira/ Contra-baixo: Zezão Mesquita / Guitarra: André Cabelo/ Trompete e trombone: Alex Deyvd /Timbales, Jam blocks e Cowbell: Ricardo Guerra). Composição feita em parceria com o primo José Paulo Mesquita. Com elementos do jazz e com participação especial de Paulo Santos (Grupo Uakti), Josefina Cerqueira, Alex Deyvd, André Cabelo e Ricardo Guerra.

Faixa 9 - “Nayambing” (homenagem ao Mestre Lua) (Compositor: Tunico Villani/ Marimba de vidro e Berimbau: Tunico Villani / Marimba de vidro: Leléo Lima / Marimba de madeira: Josefina Cerqueira / Violino: Paulo Sergio Thomaz / Conga e Derbake: Aírton Andrade / Djumdjum: Leon Dantas  / Tumba: Marcus Bú / Djembê: Fred Santos/ Baixo: Caio Valente / Xequerê e efeitos: Ricardo Guerra). Esta música é uma homenagem ao Mestre Lua Rasta de SSA-BA. Com ritmo inspirado no nayambing jamaicano e participação especial de Paulo Thomas nos violinos e Ricardo Guerra nos efeitos.

Faixa 10 - “Fada” (Compositor: Tunico Villani / Marimba de vidro: Tunico Villani e Leléo Lima / Caixas de folia: Leléo Lima, Marcus Bú e Tunico Villani Efeitos: Tunico Villani e Paulo Santos/ Congas: Ricardo Guerra / Berimbaus: Tunico Villani). Música criada em oficinas de música através de um método didático para crianças e jovens aprenderem a tocar marimbas, tem ritmo ternário do congado mineiro chamado moçambique. Participação de Paulo Santos e Ricardo Guerra.

Tunico Villani e Grupo Karakuru, na web:

“Noite na Tapera” - https://www.youtube.com/watch?v=-Yd44N4iFgI

“Quequé no Cerrado”- https://www.youtube.com/watch?v=QhFfYpqmGNo&t=4s

“Vôo Duplo” - https://www.youtube.com/watch?v=40-0gsVmtwk

“Manucatu” - https://www.youtube.com/watch?v=Disk1XfuOx0

 

 Canal do Youtube:

https://www.youtube.com/channel/UCG-UMq6ttBkeoAf-R6FLKeQ?view_as=subscriber

Fanpage: https://www.facebook.com/tunicovillanipercussao/

Instagram: https://www.instagram.com/tunicovillani/

 

Show Tunico Villani e Grupo Karakuru - lançamento CD

Dia: 23 de maio, quarta- feira, às 20h

Local: Sala Juvenal Dias, do Palácio das Artes - Avenida Afonso Pena, 1237, Centro - Belo Horizonte

Ingressos: R$ 30,00 (inteira)

Informações: (31) 3236-7400

 

Informações para a imprensa:

Luz Comunicação - www.luzcomunicacao.com.br

Coordenação: Jozane Faleiro - jozane@luzcomunicacao.com.br - (31) 992046367 / 35676714

Atendimento: Letícia Bessa: imprensa@luzcomunicacao.com.br - 31 997932491