Websérie #Quarentemas lança trilha original de Tatta Spalla

Tatta Spalla - foto Tereza Queiroz.jpeg

Chega às plataformas digitais o Volume 1, com 12 músicas, da trilha sonora criada por Tatta Spalla, especialmente para a websérie #Quarentemas, nesta quarta-feira, 20 de janeiro. No total, o público vai ter acesso a cerca de 25 canções inéditas, presentes nos 20 episódios que integram a websérie. O Volume 2 em breve também será disponibilizado, após o final da temporada, prevista para terminar no final do mês de janeiro. “Esse é o momento para ouvir as canções, que foram feitas nesse período de pandemia, de agonia, de dor, de variadas emoções que nos rondam e, sobretudo, de esperança. São pequenas canções, haicais musicais, são pérolas, porque foram criadas com muito amor”, adianta Tatta Spalla. O trabalho tem mixagem de Fernando Oliveira e finalização de Alexandre Martins.

 

Tatta Spalla conta que no processo de criação ele nem sempre teve acesso antecipado aos episódios, mas contou com o auxílio dos diretores Eder Santos, Inês Peixoto e Gilberto Scarpa. “Eles foram me orientando sobre o clima das cenas. Acho que uns 20% eu compus assistindo à edição do episódio. Eu compus nas mais diversas situações, às vezes num caos total dentro de casa porque logo no início da pandemia me mudei para um sítio. Então, compunha naquela confusão de mudança. Gravava em um estúdio improvisado debaixo do cobertor, gravava na sala, no quarto, de repente estava na cozinha e o Eder ligava, ouvia panela de pressão e dizia “que som legal” e eu já ia gravar aquilo pra transformar em som de nave espacial. Foi neste quadro que eu consegui ir me adaptando e deu certo”, lembra. 

 

Outro auxílio na composição das trilhas foram os gatilhos de cada episódio. “Tudo o que é informação, um norte que você possa seguir um caminho através daquilo e que pode te levar a algum lugar na sua emoção, é bem válido”. Tatta conta também que a liberdade é um fator de unidade entre as músicas. “O fato do fazer, de dar este start e de toda semana você estar neste processo de criação incessante é desafiador. Em comum em todas as trilhas é a liberdade que eu tive para compor e criar”. 

 

Os episódios de  #Quarentemas duram em média de quatro a cinco minutos. Para o músico, esse tempo foi até um facilitador na sua criação. “Confesso que, às vezes, eu tenho mais dificuldade de compor 10 segundos do que quatro minutos. Porque uma vez que você pega o fio da meada, você vai. A cabeça viaja e, cronometrar essa emoção nesse caso, pra mim, é mais complicado”, diz. 

 

Essa é a segunda experiência de Tatta na composição de trilha, ele compôs a trilha do curta “Deus e o cachorro” (2018), de Bruno Costa. Mas ele  confessa que fazer este trabalho foi um desafio. “Eu aceitei graças ao incentivo da atriz, cantora e minha companheira Rose Brant. O incentivo dela foi determinante. Estou bem feliz em trabalhar com essa equipe comandada por Tatyana Rubim. Estou amando essa experiência com o pessoal do teatro e do cinema. São pessoas engraçadas, bem humoradas, de uma generosidade e que me acolheram, dando suporte e segurança para eu criar”. 

 

Ele diz que está na expectativa para o lançamento nas plataformas digitais. “Achei a ideia genial, porque na verdade eu sou apegado às coisas que eu faço, são como filhas. Quando eu componho, eu ouço o dia inteiro, porque a música tem que me emocionar primeiro. O fato dessas canções irem para as plataformas é uma maneira para que perpetuem”, explica.

 

Tatta Spalla é produtor musical, compositor, guitarrista e cantor. Estreou na sala Ceschiatti, em BH em 1984. Em seguida, a convite de Lô Borges, viajou pelo Brasil na tour "Solo". Integrou a banda de Seu Jorge por seis anos. De lá pra cá, viajou para os EUA e também Europa. Com quatro álbuns gravados, sendo o último gravado e lançado na Europa. Spalla tem músicas gravadas nas vozes de Cássia Eller, Paula Lima, Seu Jorge, Sérgio Mendes e outros artistas. É parceiro de Seu Jorge, Paulo Ricardo (RPM), Jon Anderson (Yes), Toninho Horta dentre outros. Em 2016, tocou no Montreux Jazz Festival.

 

A websérie #Quarentemas tem exibição pelo perfil do Instagram @teatroemmovimento e pelo canal no youtube.com/teatroemmovimento.

 

 #Quarentenas

A websérie #Quarentemas tem direção geral de Inês Peixoto, premissas dramatúrgicas de Vinicius Calderoni, idealização e coordenação de produção de Tatyana Rubim, criadora do Teatro em Movimento, festival que há 19 anos promove a circulação de espetáculos teatrais por diversas cidades brasileiras. A equipe inclui também o cineasta Gilberto Scarpa (direção), Eder Santos e Barão Fonseca (montagem e finalização), o músico Tattá Spalla (trilha sonora), o cenógrafo e figurinista Marcio Medina (direção de arte). A websérie segue até o dia 21 de janeiro de 2021, sempre às quintas. Ao todo, serão vinte episódios inéditos, cada um estrelado por um ator, em um elenco majoritariamente mineiro. Os roteiros surgiram através de temas sugeridos aos atores para um processo criativo baseado no improviso. Toda a concepção do Teatro EmMov Digital foi idealizada com a consultoria em tecnologia de Zé Renato de Carvalho e especialistas em mídias digitais, além de seguir rigorosamente todas as normativas da OMS (Organização Mundial de Saúde) contra a contaminação pelo Covid-19. 

 

O projeto conta com os patrocínios da Cemig, Instituto Unimed-BH(através do incentivo de mais de 5,1 mil médicos cooperados e colaboradores) e do Itaú, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério do Turismo.

 

Serviço:

Lançamento Tatta Spalla - Trilha #Quarentemas 

20 de janeiro, quarta-feira - Plataformas digitais: Spotify, Apple Music, Deezer e Tidal. 

Assista episódios da websérie #Quarentemas em: Instagram @teatroemmovimento e 

youtube.com/teatroemmovimento

  

Informações para a imprensa: Luz Comunicação:  

Jozane Faleiro - jozane@luzcomunicacao.com.br - 31 992046367