SOMOS COMUNIDADE OFERECE OFICINAS DE FORMAÇÃO

PARA MORADORES DO MORRO DAS PEDRAS 

Nath_Sol_oficinaProdução- foto Karen R

foto: Karen Ramos

Morro das Pedras_Foto Édi da Silva (1).

foto: Édi da Silva

O Projeto Somos Comunidade, idealizado pelo Instituto Unimed-BH e produzido pela Coreto Cultural, e que tem atuação junto aos moradores da Comunidade do Morro das Pedras, em Belo Horizonte, dá continuidade às ações iniciadas em setembro de 2020, realizando cinco oficinas formativas em áreas ligadas à cultura e à economia criativa: grafite, fotografia, vídeo, figurino e produção de eventos. Todos os cursos são gratuitos, aberto a todo o público jovem e adulto, a partir dos 12 anos, com realização nos meses de maio e junho de 2021, em formato virtual, com atividades e aulas gravadas e enviadas aos participantes pelo aplicativo Whatsapp ou ao vivo, transmitidas pela plataforma digital Zoom. Serão ofertadas mais de 100 horas de formação, conduzidas por monitores que residem ou têm ligação com o Morro das Pedras, e também por profissionais de renome que atuam em Minas Gerais.

 

A escolha das oficinas teve como base necessidades e expectativas apontadas pelos representantes do Morro das Pedras (MDP) nas etapas anteriores do projeto - o Mapa Afetivo e o Hackacom. Por meio da escuta da comunidade, definiu-se que a memória e os personagens do MDP serão fios condutores para as temáticas das oficinas ministradas e que o resultado dessas atividades será utilizado na construção do E-Festival, documentário espetáculo que contará histórias da Escola de Artes Instituto Unimed-BH e das sete vilas do MDP. Assim, produtos das oficinas como desenhos e fotos estarão impressos como estampas em figurinos e afixados como cenários em murais de locações de gravação. Os vídeos oriundos da oficina também serão utilizados como cenário virtual (projeção) e incluídos como conteúdo no roteiro do E-Festival. Já os alunos que alcançarem maior destaque na oficina de produção farão parte da equipe principal do E-festival, somando experiência e portfólio para trabalhos futuros.

 

As ações de formação têm como objetivo criar sinergia entre as experiências afetivas dos moradores e o potencial transformador da comunidade do Morro das Pedras (MDP). Os conteúdos e as temáticas das oficinas vão estimular os participantes a produzir novas leituras e intervenções, contribuindo para redesenhar vidas e a economia local. “O Somos Comunidade aposta na capacitação como instrumento imprescindível para a transformação da afetividade coletiva em efetividade empreendedora, principalmente para jovens profissionais estreantes no mercado de trabalho, que precisam de formação prática em seus ofícios ou, simplesmente, desejam adquirir conhecimento”, explica Lilian Nunes, da Coreto Cultural.

 

“Dando continuidade ao trabalho realizado em 2020, o Somos Comunidade chega à sua parte prática, contribuindo para a formação empreendedora de moradores da comunidade Morro das Pedras. Reforço, mais uma vez, que o Somos Comunidade materializa um dos pilares da Unimed-BH e do Instituto Unimed-BH, que é o cuidado com a sociedade e o fomento da economia criativa, reafirmando-se não somente como um produto cultural, mas como um instrumento de transformação social”, avalia a diretora Institucional do Instituto Unimed-BH, Mercês Fróes.

 

Resultado

A criação colaborativa resultante das oficinas será parte integrante da programação da próxima etapa do Festival Somos Comunidade, o E-Festival, cuja edição tem estreia prevista para julho de 2021.

 

As oficinas de grafite, foto, vídeo, figurino e produção de eventos vão fornecer imagens, conteúdos e cenários e preparar a equipe que irá participar do planejamento e da operação do E-Festival, que contará com documentário e apresentações artísticas, criados pela comunidade do Morro das Pedras através das vivências que tiveram na Escola de Artes Instituto Unimed-BH. O E-Festival, assim como nas edições anteriores do Festival Somos Comunidade, vai contar também com a participação de artistas de renome nacional, coletivos e grupos da cidade de Belo Horizonte, visando proporcionar um intercâmbio entre profissionais e amadores. Assim, completa-se o ciclo de ativação da inteligência coletiva da comunidade e seu aproveitamento em todas as etapas do projeto. O conteúdo produzido pelos alunos das oficinas em ruas, vielas e espaços comunitários do MDP ficará disponível em plataformas digitais.

 

Programação oficinas de Formação - formato virtual 

 

OFICINA INTENSIVÃO TÉCNICAS DE GRAFITE

A oficina de grafite ocorrerá de forma on-line, com 20 horas de duração e será realizada através de oito videoaulas gravadas e enviadas pelo aplicativo WhatsApp aos alunos inscritos. O suporte pedagógico também vai acontecer pelo WhatsApp. Os participantes terão contato com o universo da linguagem - que nasceu subversiva e hoje é referência de arte urbana contemporânea -, com o uso de cores, a criação de temas, o desenvolvimento de personagens e outras técnicas de desenho. Cada aluno receberá um kit para a produção dos trabalhos, composto de blocos de desenho e pintura com folhas de diferentes gramaturas, canetas, pincéis e tinta. A produção individual será inspirada em cenas e pessoas do cotidiano do Morro das Pedras. Os resultados serão apresentados no Festival Somos Comunidade - E-Festival.

Onde: WhatsApp - envio de videoaulas gravadas e suporte pedagógico 

Quando: 07, 14, 21 e 24 de maio

Quem participa: moradores do Morro das Pedras e região, público de todas as idades, jovens e adultos, a partir de 12 anos.

Vagas: 13

Inscrições: https://forms.gle/7MBUhQGDHZgGAv1Z7

 

Monitoria: Raison Lucas e Maria Flor

Raison Lucas Morador do Morro das Pedras, Raison Lucas é especializado em Grafite pela Escola Livre de Artes da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte. Tem inúmeros trabalhos expostos em muros, becos e vielas da periferia da capital mineira. Também atua em outros campos da arte, como literatura, artes cênicas e design. Como arte-educador, desenvolveu oficinas para jovens em diversas instituições, contribuindo para a valorização da cidadania e com o crescimento de vários artistas dentro e fora da comunidade. Maria Flor é artista visual, grafiteira, educadora e ativista social no Morro das Pedras, lugar onde nasceu e vive. Seus trabalhos com Grafite valorizam uma estética “vintage moderna”, reafirmam a identidade local e de território, a memória coletiva, a religiosidade e a transcendência dos papéis de gênero.

 

OFICINA DE FOTOGRAFIA MURAIS DE AFETO - PERSONAGENS DO MORRO

Com 20 horas de duração, distribuídas em oito videoaulas gravadas e enviadas aos participantes pelo aplicativo WhatsApp, o principal objetivo da oficina é despertar a atenção para a história e os detalhes que compõem o universo de personagens do cotidiano do Morro das Pedras. Os alunos vão conhecer técnicas de manuseio, manutenção de câmeras fotográficas e aparelhos celulares, composição das imagens e aspectos da história da fotografia no Brasil, com ênfase no retrato, e produzir imagens para o Festival Somos Comunidade - E-Festival, que em 2021 será virtual. A oficina oferecerá suporte pedagógico pelo WhatsApp.

Onde: WhatsApp - envio de videoaulas gravadas e suporte pedagógico 

Quando: 07, 14, 21 e 24 de maio

Quem participa: moradores do Morro das Pedras e região, público de todas as idades, jovens e adultos, a partir de 12 anos.

Vagas: 12

Inscrições: https://forms.gle/VUHuLQqQ8q2f7uvs5

 

Monitoria: Hebert Lucas da Silva (Edi Silva)

Residente na Vila Ventosa desde 2004, Edi Silva herdou do pai a paixão pela fotografia e, desde então, buscou aprimorar suas técnicas. Os cursos de desenho e artes plásticas influenciaram sua linguagem fotográfica. Trabalhou como monitor e multiplicador de cursos e oficinas em escolas de Belo Horizonte, e participou de trabalhos coletivos de Grafite e fotografia. Desde 2016, é fotógrafo oficial da Galeria de Arte do Aglomerado Morro das Pedras, pela qual cobriu eventos diversos, como o duelo de MC´s e a maratona fotográfica Let´s Gophoto, entre outros.

 

OFICINA DE FIGURINOS - DA CRIAÇÃO À CONFECÇÃO

Oficina com 12 de horas de duração, divididas em seis módulos de videoaulas gravadas e enviadas pelo aplicativo WhatsApp aos alunos inscritos. O suporte pedagógico também vai acontecer pelo WhatsApp. A oficina busca despertar o olhar dos alunos para o processo criativo de figurinos, através da abordagem do contexto histórico no qual as vestimentas estão inseridas e o que se pretende transmitir com novas criações e releituras. Os participantes vão conhecer os processos de desenvolvimento de figurinos utilizados em edições anteriores do Somos Comunidade, e vão aprender a organizar e traduzir visualmente uma ideia, pesquisar os materiais, tirar as medidas, produzir e finalizar os figurinos que serão utilizados no E-Festival. A organização enviará dois kits de materiais para os participantes inscritos: um para a atividade de concepção dos figurinos, e outro para a de costura.

Onde: WhatsApp - envio de videoaulas gravadas e suporte pedagógico 

Quando: de 10 a 21 de maio

Quem participa: moradores do Morro das Pedras e região, público de todas as idades, jovens e adultos, a partir de 12 anos.

Vagas: 15

Inscrições: https://forms.gle/AUg9JSysgm6tg3sg8

 

Monitoria: Priscila Gouthier e Maria Flor

Priscila Gouthier é mineira, formada em design e especializada em design de joias. Presta serviços nesta área para diversas empresas. Atua, desde 2010, como figurinista e produtora de diversos eventos corporativos, espetáculos culturais e projetos sociais. Em 2014, assumiu a função de figurinista do Festival Cultural Unimed. É também pesquisadora e leciona sobre temas como moda, corpo e tecnologia, além de prestar monitoria para professores de diversas disciplinas. Em 2019, criou a Box 19, marca de acessórios que preza pela simplicidade das linhas e pela criação de peças atemporais e despojadas. Maria Flor é artista visual, grafiteira, educadora e ativista social no Morro das Pedras, lugar onde nasceu e vive. Seus trabalhos com Grafite valorizam uma estética “vintage moderna”, reafirmam a identidade local e de território, a memória coletiva, a religiosidade e a transcendência dos papéis de gênero.

 

OFICINA DE PRODUÇÃO DE EVENTOS 

A oficina terá 82 horas de duração, entre aulas on-line ao vivo, ministradas pela  plataforma digital Zoom, videoaulas gravadas enviadas aos participantes pelo aplicativo WhatsApp, materiais disponibilizados para estudos individuais como modelos de documentos, planilhas, vídeos e filmes de referência, disponibilizados pelo Whatsapp e pelo aplicativo Splash, finalizando com estágio na fase de produção do E-Festival, próxima etapa do Somos Comunidade que ocorrerá virtualmente em 2021. Na etapa teórica, os inscritos terão contato com o planejamento de um evento e os principais aspectos de sua execução. Os encontros seguintes serão práticos e vão integrar a turma ao processo de criação das oficinas de design, fotografia, vídeo e figurino, cujas produções também serão incorporadas à programação do E-Festival.

Onde: plataforma digital Zoom para aulas ao vivo e WhatsApp para envio de videoaulas gravadas e suporte pedagógico individual ou em grupo

Quando: 11, 13, 18, 20, 25 e 27 de maio e 01, 02, 07, 11, 14 e 15 de junho. . Estágio nas gravações do E-Festival, previstas para o mês de junho.

Quem participa: moradores do Morro das Pedras e região, jovens e adultos, a partir de 18 anos.

Vagas: 15

Inscrições: https://forms.gle/DZKmFG5RQH2sGetbA

 

Monitoria: Bruna Pardin e Nath Sol

Bruna Pardin é produtora de eventos desde 2002, com passagem pelos mercados da moda (Minas Trend Preview e Fashion Rio); de entretenimento (Ultra Música Festival e Festival Natura); eventos corporativos (Santander, Samsung e BASF); e cultural (Virada Cultural BH, Carnaval de BH e Ouro Preto, Festival de Arte Negra, FIT-BH). Coordenou a produção do IV ENA - Encontro Nacional de Agroecologia, em Belo Horizonte, e os eventos de comemoração dos 122 anos da capital mineira. Nath Sol atua na área da produção desde 2014.Trabalhou na produção de diversos eventos como Sarau Vira Lata, Encontro Latino-americano de Mulheres, Mostra Feminista de Arte e Resistência, Circuito Urbano de Arte e Encontro Nacional de Agroecologia. Foi produtora executiva do TransViva e do Projeto MINA, produtora logística da IV Primavera Literária, FLIBH 2019 e FAN 2019, e produtora artística do Circuito Municipal de Cultura e do aniversário de 122 anos de Belo Horizonte. Recentemente, atuou como anfitriã e facilitadora do curso online do projeto Ponte Educação para a Diversidade, dirigido a colaboradores da Fundação Renova.

 

OFICINA DE AUDIOVISUAL - IMERSÃO CINEMATOGRÁFICA

Nesta oficina on-line de 20 horas de duração, composta de videoaulas gravadas e enviadas aos participantes pelo aplicativo WhatsApp, exercícios com programas gratuitos de edição de vídeo e suporte pedagógico pelo WhatsApp e pelo Facebook, os participantes vão conhecer a história da sétima arte, sua estrutura narrativa, organizacional e aspectos da produção de um filme. Os alunos irão utilizar seus aparelhos celulares ou outros dispositivos móveis para as filmagens de ambientes de seus cotidianos. A partir de noções práticas de roteiro, fotografia, enquadramento, captura de imagens e montagem, a turma irá produzir um documentário que resgata as relações culturais e afetivas do cotidiano de moradores do Morro das Pedras. O filme será exibido no E-Festival, etapa seguinte do Somos Comunidade, que em 2021 será virtual.

Onde: WhatsApp e Facebook - videoaulas gravadas e suporte pedagógico 

Quando: 7, 14, 21 e 24 de maio

Quem participa: moradores do Morro das Pedras e região, jovens e adultos, a partir de 12 anos

Vagas: 15

Inscrições: https://forms.gle/AUEXcGqKLPrWLYzw6

 

Monitoria: Israel Batista de Oliveira e Isabel Ferreira da Silva

Israel Batista de Oliveira é formado em Publicidade pela PUC/MG, tem especialização pela Escola Livre de Cinema. Desde 2011 no mercado, atuou como videomaker em produtoras e emissoras de TV, como a TV Justiça, o Canal Minas Saúde, a Rede Brasil de Televisão e o Grupo Bandeirantes de Comunicação. Em 2019, fundou sua produtora, a Dicotomia Filmes. Isabel Ferreira da Silva é moradora do Morro das Pedras e atua no mercado audiovisual, desde 2013. Trabalhou em produtoras de vídeos e na Record TV Minas, com o manejo do equipamento conhecido como controle mestre, fundamental nos bastidores da programação de produtoras e emissoras de TV.  Nesta atividade, Isabela monitora a programação no ar, detectando possíveis problemas técnicos, checa a ordem dos blocos dos programas e dos intervalos e opera comandos específicos para garantir que a programação esteja no ar. 

 

HISTÓRICO SOMOS COMUNIDADE

O Somos Comunidade é a evolução do Festival Cultural Instituto Unimed-BH, realizado desde 2012, e que levou centenas de crianças e jovens do Morro das Pedras para a apresentação de um espetáculo anual nos melhores palcos e teatros da cidade. Sua trajetória está intimamente ligada à identidade do Morro das Pedras, nascida a partir da Escola de Artes Instituto Unimed-BH, projeto realizado pelo Instituto, desde 2007, que conta com a parceria da Escola Municipal Hugo Werneck e a coordenação do Núcleo Artístico de Dança/Camaleão Cia de Dança e o Grupo Cultural Arautos do Gueto. 

 

Mais do que promover um momento de destaque para seus alunos e formação, o projeto busca proporcionar uma vivência de valorização dos alunos e estimular a melhoria da autoestima e o empoderamento das crianças e jovens. O Festival conta ainda em seu elenco com outros grupos de projetos realizados ou patrocinados pelo Instituto Unimed-BH, como Coral Unimed-BH, Bloco Saúde, Orquestra Sinfônica de Betim, Sociedade do Riso e Dança a Dois.

 

Em 2014, o Festival Cultural Instituto Unimed-BH ganhou o reforço da Coreto Cultural, produtora que também abraça as iniciativas e os talentos do Morro das Pedras para além de suas fronteiras geográficas e sociais. Ano a ano, o Festival fortaleceu sua natureza de potência coletiva e, em 2017, ganhou as ruas para mostrar o talento e a identidade das sete vilas do Morro, realizando sua primeira apresentação em praça pública, na Praça da Estação. A partir de 2018, já como Festival Somos Comunidade, realizou apresentações na Praça Duque de Caxias, em Santa Teresa, e, em 2019, no Parque Lagoa do Nado, região norte de Belo Horizonte. Buscando uma relação cada vez mais próxima com a comunidade Morro das Pedras, o projeto foi transformado e chega, em 2020/2021, num formato contemporâneo e com maior impacto, sendo um programa de cultura e educação. Desde setembro de 2020 a julho de 2021 o Programa Somos Comunidade vem sendo desenvolvido em cinco etapas: Mapa Afetivo, HackaCom, Formação, E-Festival e Morro Talks.

 

 

Instituto Unimed-BH 

 

Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos visando ampliar o acesso aos projetos socioculturais, a formação da cidadania, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, valorizar espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou cerca de R$140 milhões, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e da Lei Federal de Incentivo à Cultura, viabilizado pelo patrocínio de mais de 5.200 médicos cooperados e colaboradores. No último ano, mais de 7mil postos de trabalho foram gerados e 3,8 milhões pessoas foram alcançadas por meio de projetos de cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura que estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Neste ano, todas as iniciativas do Instituto celebram os 50 anos da Unimed-BH. Conheça mais sobre os resultados do Instituto Unimed-BH. 

 

 

SERVIÇO

Programa Somos Comunidade: cultura e educação com impacto social de base 

Site oficial: www.somoscomunidade.com.br

Realização: Coreto Cultural – www.coretocultural.com.br

Patrocínio e parceria: Instituto Unimed-BH, viabilizado pelo incentivo de mais de 5,2mil médicos cooperados e colaboradores por meio da Lei de Incentivo à Cultura – www.institutounimedbh.com.br

Apoio: Instituto Periférico – www.institutoperiferico.org

Projeto aprovado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura / Pronac nº 193548 e pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte nº 0873/IF/2018.

 

 

Informações para a imprensa:

Luz Comunicação - www.luzcomunicacao.com.br

Coordenação: Jozane Faleiro - jozane@luzcomunicacao.com.br - 31 99204.6367

Atendimento: Wandra Araújo - luzcomunicacaoimprensa@gmail.com - 31 99964.5007