#SempreUmPapoEmCasa recebe Vladimir Safatle e Antônio Teixeira

Vladimir_safatle_Daniel Bianchini.JPG

Daniel Bianchi

O filósofo e escritor Vladimir Safatle e o psicanalista e escritor Antônio Teixeira são os
convidados de Afonso Borges em mais uma edição virtual do “Sempre um Papo” com
transmissão ao vivo no Youtube, Instragam e Facebook do Projeto. O encontro vai
acontecer no dia 9 de setembro, quarta-feira, às 18h e a conversa vai ser sobre o mais
recente livro de Vladimir Safatle “Maneiras de Transformar Mundos - Lacan, Política e
Emancipação” (Ed. Autêntica).
#SempreUmPapoEmCasa, esta sequência de atividades é patrocinada pela Cemig com
recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais.
Em “Maneiras de Transformar Mundos - Lacan, Política e Emancipação”, Vladimir Safatle
mostra como o pensamento e a clínica de Jacques Lacan importam para aqueles que
querem pensar a política para além do jogo de forças entre instituições e domínios de
representação. Examinando os quatro conceitos fundamentais da política para a
psicanálise – a saber: identificação, gozo, transferência e ato -, Safatle emprega a
psicanálise como dispositivo crítico e prática transformativa contra a dominação
conformista que a psicologia de cada época mobiliza como ideologia. Como a família
conta em nosso processo de subjetivação, determinando horizontes de produção de
autoridade? Como as formas religiosas se entranham em nossos processos de trabalho e
produção de valor? Como nossas identidades tornam-se políticas no interior de sistemas
de gestão de saber? Como pensar uma noção alternativa de liberdade considerando a
experiência concreta de Lacan na organização de sua Escola de Psicanálise, de modo a
sincronizar ato psicanalítico e processo revolucionário? Estas são perguntas crucias
postas em circulação por este livro. Trabalho necessário tanto para entender como
transformar a realidade de opressão, que enfrentamos hoje, quanto para fazê-lo em
consideração ao desejo, no horizonte da subjetividade de nossa época.
Antonio Teixeira é psicanalista e professor na Universidade Federal de Minas Gerais
(UFMG), onde leciona no Departamento de Psicologia. É pós-graduado em Filosofia
Contemporânea pela UFMG (mestrado) e em Psicanálise pela Universidade de Paris 8
(doutorado). É autor de A soberania do inútil (Annablume, 2007), “Alan Badiou - A
aventura da filosofia francesa no século XX (Autêntica 2015), “Psicopatologia Lacaniana
vol. 1: Semiologia” (2017), “Psicopatologia Lacaniana 2: Nosologia” (2020), entre outros.
Vladimir Safatle nasceu em Santiago do Chile em 1973. Formado em filosofia pela
Universidade de São Paulo, é mestre em filosofia pela mesma universidade, com
dissertação sobre o conceito de sujeito descentrado em Jacques Lacan, sob a orientação
de Bento Prado Júnior. Doutorou-se em filosofia pela Universidade de Paris vii com tese
sobre as relações entre Lacan e a dialética, sob a orientação de Alain Badiou. Professor
livre-docente do Departamento de Filosofia da fflch-usp, onde leciona desde 2003, foi
professor convidado nas universidades de Paris vii, Paris viii, Toulouse, Louvain, além de
fellow do Stellenboch Institute of Advanced Studies (stias) e responsável por seminários
no Collège International de Philosophie. É um dos coordenadores do Laboratório de
Pesquisas em Teoria Social, Filosofia e Psicanálise (Latesfip/usp), juntamente com
Christian Dunker e Nelson da Silva Júnior, e membro do conselho diretivo da
International Society of Psychoanalysis and Philosophy. Com artigos traduzidos em inglês,
francês, japonês, espanhol, sueco, catalão e alemão, suas publicações versam sobre
psicanálise, teoria do reconhecimento, filosofia da música, filosofia francesa
contemporânea e reflexão sobre a tradição dialética pós-hegeliana. Publicou Grande
Hotel Abismo – para uma reconstrução da teoria do reconhecimento (Martins Fontes,

2012, versão em inglês publicada pela Leuven University Press, 2016), O dever e seus
impasses (Martins Fontes, 2013), A esquerda que não teme dizer seu nome (Três
Estrelas, 2012, versão em espanhol publicada pela lom Ediciones, 2014), Cinismo e
falência da crítica (Boitempo, 2008), Lacan (Publifolha, 2007) e A paixão do negativo:
Lacan e a dialética (Editora da Unesp, 2006, versão em francês publicado por Georg
Olms Verlag, 2010).

#SempreUmPapoEmCasa Vladimir Safatle e Antônio Teixeira
Dia 9 de setembro, quarta-feira, às 18h, no Youtube, Instagram e Facebook do Sempre
um Papo
Link Youtube: https://bit.ly/2X8C3eU
Acesso também pelo Facebook: @sempreumpapo
Informações: www.sempreumpapo.com.br


Informações para a imprensa:
Jozane Faleiro – jozane@sempreumpapo.com.br / 31 992046367