MEMORIAL VALE SEGUE COM PROGRAMAÇÃO DIVERSIFICADA EM OUTUBRO COM DESTAQUE PARA AS ATIVIDADES DO MÊS DA CRIANÇA E ABERTURA DE DUAS NOVAS EXPOSIÇÕES

 

Festival Eletrônika, lançamento de CD e livro, música clássica e contemporânea, colóquio e atividades educativas também garantem atividades culturais gratuitas e para todas as idades

 

Diversidade sempre foi a marca da programação do Memorial Minas Gerais Vale – no Circuito Cultural Praça da Liberdade, e no mês de outubro não será diferente. Desta vez, o destaque são as atrações infantis em comemoração ao Mês das Crianças, com exposição, feira de troca, apresentação musical e atividades educativas temáticas. Para jovens e adultos, o museu abre a agenda com Festival Eletrônika, lançamento de livro e CD, palestras, concertos de música clássica, e estreias das exposições “Parâmetros da Liberdade” – de Lella Castello Branco, e “INFÂNCIAS GUARDADAS – APM 120 ANOS...nas gavetas do Arquivo Público Mineiro”, em parceria com o Arquivo Público Mineiro; além das mostras já em cartaz. A entrada é sempre gratuita, sujeita a lotação. O Museu fica na Praça da Liberdade, 640 – Funcionários, esquina com Rua Gonçalves Dias.

 

Entre os dias 7 e 11/10, o Memorial Vale abre as portas para o Festival Eletrônika, com palestra, mesa-redonda, workshops, laboratórios e exposição. Esta é a 15ª edição do evento de novas tendências musicais mais consolidado do Brasil, e que passeia pelo que há de mais fresco na produção da música experimental brasileira. Os detalhes pelo site www.memorialvale.com.br .

 

No dia 7/10 (quarta-feira), às 18h30, o público deve conhecer arquivos secretos da ditadura no Brasil registrados no livro Lugar Nenhum (Cia das Letras). O jornalista Lucas Figueiredo lança esta reportagem investigativa, que inaugura a coleção Arquivos da Repressão no Brasil. A historiadora Heloisa Starling é quem levou a ideia da coleção à Cia das Letras e também escreverá um dos volumes. Figueiredo teve acesso a um conjunto de microfilmes do Cenimar – o temido centro de informações da Marinha, que não deixa dúvida: os militares sempre souberam mais do que revelam. Farto em informações inéditas e escrito com agilidade e precisão, Lugar Nenhum revolve feridas abertas e traz à luz uma página sombria da história brasileira.

 

No sábado, 10/10, começa a brincadeira e as crianças participam da Feira de Escambo de Brinquedos e Livros infantis, promovida em parceria com o Instituto Alana, na Sala de Leitura do Memorial Vale. Das 10h às 12h, crianças de todas as idades poderão levar brinquedos e livros, novos e/ou usados, para trocar com outros participantes. Mais que lazer, a feira é uma maneira engajada e divertida de repensar a forma como consumimos, envolvendo adultos e crianças na prática desta reflexão.

 

A brincadeira continua no domingo, 11, com o Grupo Trampolim. Os palhaços Benedita Jacarandá e Sabonete entram em cena com truques e brincadeiras insólitas e apresentação do espetáculo “Uma supresa para Benedita”. A peça aborda as relações de amizade e amor falando do cotidiano de forma simples e bem humorada. A iniciativa integra o programa Eu, Criança, no Museu e reúne o público no auditório, às 11h.

 

Seguindo em parceria com o Festival de Arte Negra (FAN), o Memorial Vale sedia palestra no dia 15/10 (quinta-feira), às 19h30, com o tema “Pigmentos & Melaninas – Aspectos da identidade de um povo”, com o artista plástico Marcial Ávila. No encontro, o artista fala de seu trabalho traçando comparações entre a importância dos pigmentos nas criações artísticas e o teor de melanina da pele negra, que a exclui de ser retratada como um padrão de beleza, indigna de ser imortalizada em uma obra de arte.

 

No sábado, 17, é dia de música e exposição de moda no Memorial Minas Gerais Vale. Das 10h às 17h30, o Cyber Lounge apresenta peças de roupa com estampas exclusivas do fotógrafo Guto Muniz. Os modelos são assinados pela estilista Silma Dornas, dentro do projeto Cena Vestida, e também serão comercializados. Às 16h, o público dá uma paradinha para acompanhar o lançamento do CD “Essa Voz”, de Luiza Lara, dentro do projeto Gerais Cultura de Minas. O disco marca a estreia da carreira solo da cantora, que irá interpretar as canções acompanhada de Renato Saldanha (violões e guitarra), Christiano Caldas (teclado), Enéias Xavier (baixo elétrico) e Lincoln Cheib (bateria). No repertório, canções inéditas e algumas releituras, como Sobre Todas as Coisas (Chico Buarque e Edu Lobo), Vendedor de Sonhos (Milton Nascimento e Fernando Brant), Amor de Parceria (Noel Rosa), Lua Branca (Chiquinha Gonzaga) e Resposta (Maysa).

 

O Colóquio “Metodologias e dispositivos do artista em sua produção: pesquisa enunciado e transdisciplinaridade” também compõe a programação entre os dias 20 e 22/10 (terça a quinta-feira). O encontro se propoe a refletir a respeito da pesquisa em arte, que propicia ao artista teorizar o sentido e o posicionamento de sua prática frente a um conjunto de disciplinas — a história, a filosofia, a estética, a antropologia, a psicanálise, a invenção e, naturalmente, a arte — bem como a um contexto discursivo e visual que o envolve cultural e socialmente. A iniciativa é fruto de parceria com a Escola de Belas Artes da UFMG e será realizada sempre a partir das 9h30, no auditório do Memorial Vale.

 

No dia 22/10 (quinta-feira), a Sala Casa da Ópera dá lugar à música independente de Gustavito & Thiago Preto, no show Universo Reflexo. O resultado do encontro entre os artistas é um concerto intimista, onde duas vozes e dois violões cantam expressando reflexos de universos em sintonia e comunicação. O público confere a atração a partir das 20h. 

 

Ainda em clima de música, o público confere show de Luiz Marques no dia 24/10 (sábado), às 16h, com as canções do álbum Noite Azul. Este é o quinto CD autoral do artista, que vem fazendo turnê pelo Brasil. Cantor, compositor, violonista e arrajandor, Luiz canta acompanhado de Alexandre da Mata (guitarra), Sérgio Rabello (baixo elétrico e acústico), Léo Pires (bateria) e  ainda a participação da bailarina e coreógrafa Sandra Magalhães em performance de dança contemporânea.

 

Os Concertos de Câmara da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais encerram a programação de outubro com chave de ouro, em duas sessões do Quarteto de Cordas. O público confere a atração no dia 29/10, quinta-feira, às 19h e às 20h30. O quarteto é composto pelos músicos Rommel Fernandes (violino), Frank Haemmer (violino), João Carlos Ferreira (viola) e Robson Fonseca (violoncelo), que irão interpretar obras de Lacerda e Borodin.

 

 

EXPOSIÇÕES

 

2/10 a 1º/11 – INFÂNCIAS GUARDADAS - APM 120 ANOS ...nas gavetas do Arquivo Público Mineiro

O Memorial Minas Gerais Vale e o Arquivo Público Mineiro (APM) lançam no dia 2/10 (quarta-feira) a exposição “INFÂNCIAS GUARDADAS – APM 120 ANOS...nas gavetas do Arquivo Público Mineiro”. Em cartaz, parte do acervo iconográfico do APM que retrata a infância. As imagens expostas integram o acervo privado da Família Juscelino Barbosa, importante político e jornalista de Minas Gerais que nasceu em junho de 1875, no distrito de Santa Cruz da Chapada, em Minas Novas; e faleceu em Belo Horizonte em outubro de 1947. A documentação fotográfica é de caráter pessoal e registra a infância de seus filhos e demais familiares, com fotos tiradas entre 1895-1971. As peças ficam expostas no Hall do Memorial Vale, de acordo com o horário de funcionamento do espaço.

 

7/10 a 8/11 – Parâmetros da Liberdade

O Memorial Minas Gerais Vale estreia dia 7 de outubro (quarta-feira) a exposição “Parâmetros da Liberdade”, da artista plástica Lella Castello Branco. A mostra é inédita em Minas e traz dez esculturas em bronze e alumínio. O trabalho fica em cartaz até 8 de novembro nas salas de exposição temporária e no Jardim do Memorial. “Parâmetros da Liberdade” propõem o questionamento das escolhas coletivas e independentes, com reflexões sobre a existência e a fragilidade da condição humana. A curadoria é da inglesa Trudie Stephenson, diretora do “The Art Insider". Brasileira residente em Londres, Lella Castello Branco nasceu no Rio de Janeiro e tem família mineira, do município de Bom Despacho.

 

Até 15/11 – Circunstâncias

A fotógrafa mineira Vera Lúcia Godói de Faria encanta os visitantes com a exposição “Circunstâncias”. Seu interesse pela rua, pelo mundo e pelas pessoas que fotografa é retratado em 18 imagens impressas e outras 120 fotos projetadas em telas, que ficam expostas até 15 de novembro no Café do Memorial. Tíberio França assina a curadoria da exposição, que faz um resgate da carreira de Vera, por meio de imagens que ela fotografou para grandes jornais do estado, mas que nunca foram publicadas. Vera trabalhou como fotojornalista em grandes jornais de Belo Horizonte e hoje atua como professora universitária, levando seu conceito de vida para outras gerações de fotógrafos. Aos 62 anos e com dois filhos, ela conta que adquiriu o hábito de fotografar diariamente.

 

 

ESPAÇO LER + VER

Todos os sábados as ações educativas do Memorial Minas Gerais Vale voltam-se para a literatura e dialogam com outras formas de arte. No mês em que somos convidados a homenagear as crianças, as ações permeam o universo onírico. Considerando que ler é conceber sentido, fazer abstrações e conexões com o seu contexto, a ação a ser apresentada para este mês será o Jardim de Histórias, sempre às 16h. Histórias são contadas e recontadas ao longo do tempo e, assim como as plantas, depois de semeadas, criam raízes e crescem. Nesse jardim, os visitantes são convidados a cultivar e a florescer outras histórias.


EXPERIÊNCIAS NO MEMORIAL

Também aos sábados, ao longo de todo o dia, o Educativo do Memorial propõe ações em alguns espaços expositivos com a intenção de provocar diálogos e encontros que ampliem os sentidos e a imaginação do público. Já aos domingos, são realizadas visitas mediadas com grupos de até 10 pessoas, sempre às 11h, 12h, 13h, 14h e 14h30, com duração de uma hora cada.

 

SERVIÇO

Programação de outubro do Memorial Minas Gerais Vale

Entrada gratuita. Sujeita a lotação.

 

MEMORIAL MINAS GERAIS VALE

Endereço: Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias

Horário de funcionamento: terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 17h30, com permanência até 18h. Quintas, das 10h às 21h30, com permanência até 22h. Domingos, das 10h às 15h30, com permanência até 16h.

http://www.memorialvale.com.br

https://www.facebook.com/memorialvale

https://www.youtube.com/user/memorialvale

 

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA _________________________________________________________

 

Luz Comunicação

Atendimento: Letícia Bessa – (31) 9793-2491

assessoria@jozanefaleiro.com

 

Coordenação: Jozane Faleiro – (31) 3567-6714 - 8828-0906 - 9204-6367

contato@jozanefaleiro.com

 

RELACIONAMENTO COM A IMPRENSA – VALE

Christiano Borges – (31) 3916-2025 | 8478-4374

christiano.borges@vale.com

 

Foto: Walmir Monteiro