PROGRAMAÇÃO DE JUNHO DO
MEMORIAL MINAS GERAIS VALE

Neste mês, o Memorial  Vale convida o público para festejar São João com forró, xote e baião, além de danças e brincadeiras, para adultos e crianças. O jazz e o Choro também integram a programação musical deste mês. Outras cinco exposições valorizam temas diversos – desde o carnaval belo-horizontino até ornamentações urbanas da Capital. Tudo de graça ou a preços populares.

 

A programação de junho do Memorial Minas Gerais Vale – no Circuito Liberdade –, é um convite à cantoria e à valorização das artes em suas diversas formas. No mês junino, o museu antecipa a festa de São João com apresentações gratuitas do grupo Camerata Caipira e da cantora Elisa Paraíso, além do Coletivo MundicÁ, que traz atração específica para as crianças. Ainda na música, o espaço traz o jazz do mineiro Lucas Telles e do capixaba Hércules Gomes; o choro do duo Bruno de Oliveira e Nath Rodrigues – Pé de Amora; e a música regional brasileira de Isabella Rovo e Victor Batista, dentro do Circuito Dandô. Exposições de fotografia e instalações também compõem as galerias do Memorial Vale, com nomes de Weber Pádua, Fernanda Goulart, Coletivo Cortina de Fumaça e ações do projeto Proteger é Preciso,  da Fundação Vale. A entrada é gratuita, com exceção apenas para o Circuito Dandô, que tem ingressos a preços populares. O Memorial Vale fica na Praça da Liberdade, 640 – Funcionários, na esquina com Rua Gonçalves Dias.

 

Confira os detalhes da programação abaixo:

 

AOS SÁBADOS E DOMINGOS

Programa educativo – Experiências no Memorial

 

O Programa Educativo do Memorial Minas Gerais Vale propõe atividades, nos fins de semana deste mês de junho, que dialogam com exposições em cartaz no museu. Aos sábados, às 11h, os visitantes são convidados a uma imersão na exposição Território de Direitos,uma parceria com a Oficina de Imagens, composta por 61 fotografias que expressam, por meio da sensibilidade e do olhar crítico de adolescentes e jovens, a realidade do território em que vivem. O trabalho é resultado de uma série de oficinas de fotografia e direitos humanos do Proteger é Preciso em Minas Gerais, programa de enfrentamento da exploração sexual infantojuvenil desenvolvido pela Fundação Vale.

 

Ainda aos sábados, às 14h, as grades ornamentais do Memorial Minas Gerais Vale são tema da intervenção Entre Jardins, de Fernanda Goulart. Neste caso, os visitantes são convidados a uma reflexão sobre a obra da artista, a arquitetura e a preservação do patrimônio cultural em Belo Horizonte.

 

Aos domingos, ocorrem visitas mediadas pelas dependências do Memorial Vale, com grupos de até 10 pessoas, sempre às 11h, 12h, 13h, 14h e 14h30, com duração de uma hora cada.

 

 

5 DE JUNHO | DOMINGO | 11H30 | GRATUITO

Sarau do Memorial apresenta duo de música brasileira Pé de Amora

 

O Pé de Amora é um duo de música brasileira criado em meados de 2014 por Bruno de Oliveira e Nath Rodrigues que parte do choro e explora, além do gênero, a linguagem e musicalidade brasileiras. A experiência que ambos trazem de seus projetos paralelos, em que exploram os universos da canção, do erudito ao jazz, integra outras possibilidades sonoras à essência do duo. A apresentação vem dentro do projeto Resenhas Pretas no Memorial, em parceria com Instituto Cultural Casarão das Artes.

 

9 DE JUNHO | QUINTA| 20H | GRATUITO

Camerata Caipira

 

Viola caipira, cavaquinho, violão de 7 cordas e vozes são combinados de forma harmoniosa pelo grupo Camerata Caipira. Formado em 2010, o time de artistas valoriza os arranjos e oferece um toque erudito em canções da cultura popular brasileira. O grupo apresenta um espetáculo vibrante, numa experimentação sonora que conduz o público a perceber a diversidade de nossa música por meio do sotaque de cada um de seus integrantes.

 

16 DE JUNHO | QUINTA| 20H | R$ 20 (INTEIRA)

‘Dandô – Circuito de Música Dércio Marques’ apresenta Isabella Rovo e Victor Batista

 

O duo Isabella Rovo e Victor Batista trazem nesta edição do Circuito Dandô a sonoridade da música regional da cultura popular brasileira, convidando a uma viagem por ritmos como jongo, batuques, catiras e cocos. Ambos fazem parte do Grupo Camerata Caipira, e já se apresentaram em diversos lugares pelo Brasil, América do Sul e Europa. Com Isabella na voz e percussão, e Victor cantando ao toque da viola caipira, o duo dá um show de interpretação envolvendo o público pela qualidade musical e energia.

 

Ingresso: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada).

Venda de ingressos no local, a partir das 19h.

 

19 DE JUNHO | DOMINGO | 11H | GRATUITO

‘Eu, Criança, no Museu’ apresenta: Arraialzinho do Memorial, com o Coletivo MundicÁ

 

No mês junino, o Coletivo MundicÁ convida crianças e suas famílias para celebrarem São João com brincadeiras, cantigas e danças. O público pode comparecer à caráter, com vestido de chita e remendos na calça, além do tradicional chapéu de palha para dançar quadrilha com toda sua dinamicidade e alegria.   

 

23 DE JUNHO | QUINTA| 20H | GRATUITO

Gerais Cultura de Minas apresenta: Arraial do Memorial, com Elisa Paraíso

 

O forró de Elisa Paraíso completa o clima de São João do Memorial Minas Gerais Vale. A artista esbanja no xote e no baião, com repertório que vai de Gonzagão e Dominguinhos a Gilberto Gil.

 

 

25 DE JUNHO | SÁBADO | 16H | GRATUITO

Jazz Sessions no Memorial apresenta: Hércules Gomes e Lucas Telles

 

O violonista, arranjador e diretor musical mineiro Lucas Telles recebe o exímio pianista capixaba Hércules Gomes para apresentação única e gratuita no Memorial Minas Gerais Vale. Lucas é conhecido por trabalhos realizados com músicos de renome da cena nacional e internacional, tendo sido convidado a se apresentar no Rencontres Internationales de la Guitare (Antony - França) em 2015. Hércules, por sua vez, surpreende no piano e é vencedor do 11º Prêmio Nabor Pires de Camargo e do I Prêmio MIMO Instrumental.

 

ATÉ 12 DE JUNHO | HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU | GRATUITO

Exposição: O Democrático Carnaval de Belo Horizonte

 

O coletivo de fotógrafos Cortina de Fumaça marca presença no Memorial Minas Gerais Vale com o registro do carnaval de Belo Horizonte de 2016. A dinâmica dos blocos, a força da coletividade, o potencial de organização social, a vibração da música e as cores da diversidade estão presentes em belas imagens dessa festa que, este ano, agitou quase 2 milhões de foliões e vem se tornando referência para o carnaval de rua brasileiro. O Coletivo Cortina de Fumaça é composto pelos fotógrafos Hugo Azevedo, Jr. Conegundes, Léo Peixoto, Ruy Pereira, Thiago Fernandes e Vitor Macedo.

 

 

ATÉ 12 DE JUNHO | HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU | GRATUITO

Exposição: Entre Jardins − Urbano Ornamento no Memorial Minas Gerais Vale, de Fernanda Goulart

 

Entre Jardins é um site-specific inspirado nas peças de ferro ornamental do Memorial Minas Gerais Vale. Criado por Fernanda Goulart, artista e pesquisadora responsável pelo projeto Urbano Ornamento, a mostra é um abrangente inventário da serralheria artística urbana de Belo Horizonte. Trata-se de uma intervenção de natureza arquitetônica e gráfica, concebida especialmente para as janelas de vidro que rodeiam o jardim central do Memorial Minas Gerais Vale, em consonância com a escala do edifício.

 

ATÉ 19 DE JUNHO | HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU | GRATUITO

Exposição: Territórios de Direitos

 

A mostra Territórios de Direitos é composta por fotografias que demonstram, por meio da sensibilidade e do olhar crítico de adolescentes e jovens, a realidade do território em que vivem. As imagens foram produzidas por crianças e adolescentes de seis municípios mineiros: Mariana, Ouro Preto, Nova Lima, Itabira, Catas Altas e Barão de Cocais. O trabalho é resultado do primeiro exercício de formação das oficinas de Fotografia e Direitos Humanos do programa Proteger é Preciso, em Minas Gerais – programa da Fundação Vale em parceria com a Oficina de Imagens, que tem como proposta fortalecer a capacidade de mobilização da comunidade, dos jovens, das empresas e das organizações sociais na promoção da garantia dos direitos das crianças e adolescentes.

 

 

ATÉ 19 DE JUNHO | HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU | GRATUITO

Exposição: Gira Caixas

 

Apresenta uma série de instalações concebidas pelo artista William Mota, com apoio do Instituto Cultural Casarão das Artes e Memorial Minas Gerais Vale. A proposta é trazer um processo interativo que percorre as religiosidades de matriz africana, sobretudo a Umbanda, concretizado pelo deslocamento das caixas e pela leitura das imagens relacionadas aos cultos das entidades espirituais e dos fragmentos de pontos cantados.

 

ATÉ 7 DE AGOSTO | HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO MUSEU | GRATUITO

Exposição: Globe Trotter, de Weber Pádua

 

Globe Trotter mostra parte do trabalho que o fotógrafo Weber Pádua desenvolveu nos últimos anos em viagens pelo mundo, passando por Marrocos, Japão, Estados Unidos e diversos países da Comunidade Europeia, sem deixar de mencionar o Brasil. O comportamento e a geografia humana servem de inspiração ao fotógrafo, que comemora quase 30 anos de carreira profissional.

 

SERVIÇO

Programação de JUNHO do Memorial Minas Gerais Vale

Horário: Conforme programação

ENTRADA GRATUITA (OU A PREÇOS POPULARES, EXCLUSIVAMENTE NO CASO DO CIRCUITO DANDÔ)

 

MEMORIAL MINAS GERAIS VALE

Endereço: Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias

Horário de funcionamento: terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 17h30, com permanência até 18h. Quintas, das 10h às 21h30, com permanência até 22h. Domingos, das 10h às 15h30, com permanência até 16h.

http://www.memorialvale.com.br

https://www.facebook.com/memorialvale  

https://www.youtube.com/user/memorialvale