Coral Cidade dos Profetas lança disco em louvor à Virgem Maria

foto: Pedro Vilela

Neste mês de maio, quando é celebrado o Mês de Maria e o Dia das Mães e o aniversário de 32 anos do Coral Cidade dos Profetas, o coral lança, nesta quarta-feira (6/5), nas principais plataformas digitais dedicadas à música, o seu terceiro CD "Coral Cidade dos Profetas em Louvor à Virgem Maria". O álbum reúne sete das mais belas composições do período colonial dedicadas à mãe de Jesus. A devoção a Nossa Senhora é responsável por obras primas da música mundial, como Ave Maria, de Franz Schubert.  “Há mais de três décadas estudamos a música colonial mineira e fizemos uma seleção cuidadosa das peças que são uma verdadeira devoção à Maria e que estão no disco e que chega agora às plataformas digitais, para alegrar e emocionar a todos pelo mundo, explica o maestro regente do Coral, Herculano Amâncio.

 

Dentre as canções presentes no disco “Em louvor à Virgem Maria”, destaca-se a peça Maria Mater Gracie (de Marcos Coelho Neto) que abre o CD. “Ela é a cara das cidades mineiras. Quando você ouve essa peça você vê exatamente a forma como os violinos tocam e o coro canta. Se fechar os olhos verá procissões nas ladeiras da cidade. Vai sentir o descompasso entre os carregadores dos andores, aquele balanço em que a imagem parece que vai cair. Essa música traduz muito isso”, acredita o maestro.

 

Repertório do Disco - “Em Louvor à Virgem Maria”

01 - Maria Mater Gratiae . Marcos Coelho Neto

02 - Stabat Mater . J.J. e Lobo de Mesquita

03 - Salve Regina - Lobo de Mesquita

04 - Ave Maria - Lobo de Mesquita

05 - Ofertório de Nossa Senhora da Assunção - Compositor não identificado

06 - Tolta Pulcra es Maria - Autor não identificado

07 - Magnificat - Manuel Dias de Oliveira

 

Coral Cidade dos Profetas

O Coral tem como regente, desde a sua criação, o maestro Herculano Amâncio. Ele conta que tudo começou em Congonhas, em 1978, com a pretensão de tocar apenas em uma missa, mas ganhou motivação das pessoas e seguiu em frente, inicialmente, com um pequeno grupo de pessoas interessadas em aprender música e formar um coral polifônico à capela, tendo como principal objetivo aliar arte musical à arte sacra colonial mineira. Ao longo desses anos, o coro alcançou um notável nível de excelência, lançando os álbuns "Missa em Fá Maior, de Lobo de Mesquita", "Mestres do Colonial Mineiro" e o recente, de 2019, “Em louvor à Virgem Maria” e que agora chega à plataformas digitais.  O grupo participa, ainda, de eventos de Congonhas e região, como Semana Santa, Festivais de Inverno, Concertos Natalinos, Eventos Civis Comemorativos, Festivais e Encontros de Corais nacionais e internacionais. Em seu currículo também estão diversos concertos, como: “Concerto à Virgem Maria e ao Seu Divino Filho”, “Concertos em Homenagem ao Aleijadinho”, “Concertos da Paixão” e “Concertos Natalinos”. Mantido pela Associação Cultural Canto Livre, entidade sem fins lucrativos, declarada de utilidade pública pela Lei Municipal 2617/2006, e pela Lei Estadual 19510/2011, oferece gratuitamente, por meio de um convênio com a Prefeitura Municipal de Congonhas, formação musical a pessoas em idades que variam dos 12 aos 80 anos, e é reconhecido como uma das mais belas manifestações culturais do interior de Minas.

 

Serviço

Lançamento do álbum “Em louvor à Virgem Maria”, a partir de 6/5 nas plataforas digitais: Spotyfy, Itunes, Deezer, Youtube Music, IHeart Radio, Shazam, Claro Música, TikTok, Facebook Audio Library, etc. 

 

 

Informações para a imprensa

 Luz Comunicação - www.luzcomunicacao.com.br

Jozane Faleiro -  (31) 992046367 / (31) 35676714 - jozane@luzcomunicacao.com.br