“BOA NOITE MEMORIAL” GARANTE PROGRAMAÇÃO CULTURAL ATÉ A MEIA NOITE DESTE SÁBADO, 29, NO MEMORIAL MINAS GERAIS VALE

Museu abre às 10h, para visitação do público, e às 16h inicia programação musical com variedade de estilos e outras intervenções que irão ocupar as áreas externa e interna, com entrada inteiramente gratuita

 

Neste próximo sábado, 29/9, o Memorial Minas Gerais Vale – no Circuito Liberdade, segue de portas abertas até a meia noite com programação gratuita e diversificada dentro do projeto Boa Noite Memorial. O museu abre às 10h, com todo acervo disponível para visitação, e a partir das 16h dá início a ações que irão movimentar o público nas áreas externas e internas do Memorial: participação dos DJs Belezazu, Yuga e Marcelo Mattos; som de Azzula e Banda e da artista Sara Não Tem Nome; a musicalidade irreverente da Orquesta Atipica de Lhamas e da Escola de Samba Unidos do Samba Queixinho, bem como leitura dramatizada e performance. O Memorial Vale fica na Praça da Liberdade, 640 – Savassi, esquina com Rua Gonçalves Dias. 

O Boa Noite Memorial é realizado anualmente e, em 2018, reforça a proposta de acessibilidade e aproximação da periferia ao espaço museal. O gestor do espaço, Wagner Tameirão, lembra que “o Memorial Vale foi concebido para ser um museu de experiências e o Boa Noite Memorial é uma das ações de concretização deste objetivo. No evento, as pessoas vêm para se divertir e ainda encontram solo fértil para interação com e entre artistas da cena local”.

Abaixo, os detalhes da programação:

ÁREA EXTERNA – ALAMEDA DA EDUCAÇÃO

16h | DJ Belezazu dá o play nas atrações 

DJ Belezazu – identidade quase secreta de Isabella Figueira, é quem dá o play na programação deste fim de semana, no Boa Noite Memorial. A artista é baterista, historiadora, pesquisadora musical e uma das criadoras da festa Trambique.

 

17h | Escola de Samba Unidos do Samba Queixinho

 

Fundada em 2009 pelo jornalista e músico Gustavo Caetano, a Escola de Samba de Rua Unidos do Samba Queixinho surgiu no movimento de ressurgimento do Carnaval de rua em Belo Horizonte, como manifestação da cultura popular. Além de levar alegria e diversão para as ruas de BH durante o Carnaval, a proposta é fomentar a formação musical de pessoas interessadas em música percussiva para que possam atuar como multiplicadores da expressão da cultura popular brasileira.

 

18h | DJ Yuga

 

Yuga irá movimentar o público do Memorial com o som que tem agitado diversos cantos do Brasil. O repertório sacolejante mescla black music com grooves brazucas temperados, afrobeats, ritmos regionais, samba a gosto e uma pitada de música latina. DJ Yuga começou a discotecar em festas que marcaram época na cena belorizontina, como o Movimento Balanço e o Projeto Mundo Negro. Desde então, o carioca criado em Nanuque já mostrou seus sets para públicos de Minas Gerais e outros estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco, Brasília, Goiânia e Bahia.

 

18h30 | Azzula e Banda

O cantor e ator Sam Luca apresenta-se neste show com o transformismo de sua Drag Queen Azzula. Atuando em palcos da cena LGBTQI de Belo Horizonte, Azzula apresenta como novidade sua performance ao vivo como cantora. No palco, o repertório apresenta suas primeiras composições e ainda destaca as canções de compositores emergentes da nova música mineira, como Bia Nogueira, Rodrigo Negão e conhecidas canções da MPB que evocam construções sociais de alteridade, diversidades, respeito, negritude e da pluralidade afetiva. 

 

20h | DJ Yuga

 

20h30 | Orquesta Atipica de Lhamas

 

Projeto derivado do bloco “Cómo te Lhama?”, a Orquesta Atípica de Lhamas nasceu em 2017 do encontro entre artistas que têm como interseção o carnaval de rua de Belo Horizonte e a paixão pela cumbia. As Lhamas, como foram carinhosamente apelidados os membros da orquestra, são também integrantes de importantes grupos musicais e teatrais de BH que, unindo-se às vozes de Claudia Manzo (CH/BH), Carlos Bolívia (BO/BH) e Laura Lopes (BH), entoam composições próprias e pérolas do ritmo de origem colombiana fortemente difundido em toda a América Latina. Com uma instrumentação peculiar, a orquestra combina sonoridades: das percussões latinas e dos blocos carnavalescos de BH à banda com baixo, guitarras, charango e cuatro. 

 

ÁREA INTERNA – DIVERSAS SALAS DO MEMORIAL VALE

 

19h30 | Leitura Rara apresenta: Menu Literário, com Odilon Esteves

O ator Odilon Esteves – membro da Cia. Luna Lunera, ocupa a Sala da Ópera com um cardápio variado de livros e, em um encontro interativo, convida o público para escolher as obras das quais gostariam de ouvir uma leitura dramática. 

 

20h | Performance ‘Midiática’, com Escola de Arte Indisciplinada, por todo o museu

Criada este ano pelo coreografo e multi-artista Guilherme Morais, a Escola de Arte Indisciplinada surge para permitir o aprofundamento prático e coletivo daquilo que desconhecemos, com experimentos práticos artísticos regidos por um desejo inventivo de cada participante. Com esta proposta, “Midiática” se apresenta como investigação que atravessa o corpo e a leitura e vai dando forma à “anarcodramaturgia”, em que o público passa a digerir sons e a operar transfigurações pelo tremor de ler. Os materiais centrais da performance são os corpos, o espaço e a informação materializada no jornal, como um suporte de palavra sacralizada, objeto de poder, de palavra autorizada, envolvido em grandes acordos da maior importância. Exaurir o ler, falecer as notícias, a mídia. Os corpos que emergem nessas experiências são corpos asfixiados, delirantes, soterrados pela desinformação. 

 

22h | Baile do DJ Marcelo Mattos, na Sala de Leitura

Dj Marcelo Mattos agita os bailes do Aglomerado da Serra desde 2004. Agora, ele desce o morro para trazer o melhor do baile funk ao Boa Noite Memorial, em uma parceria sonora com o Dj Coladinho, Dj Galooriginal e Dj Marquinho MPC. 

 

23h | Show com Sara Não tem Nome, no auditório

No show deste fim de semana, a artista mineira se apresenta ao lado da musicista Desirée Marantes (Harmônicos do Universo). No repertório estão canções autorais de seu disco Ômega III e ainda novas composições que serão lançadas em seu próximo álbum. As canções intimistas passam pelo folk rock, dream pop e MPB com letras que discorrem sobre questões afetivas e existenciais, trazendo um universo emocional profundo e denso. O artista Pedro Veneroso participa do show no aspecto visual, com projeção de imagens. 

 

 

SERVIÇO

Boa Noite Memorial

29/9 (sábado) – das 16h à meia noite

Local: Entorno e dependências do Memorial Minas Gerais Vale

ENTRADA GRATUITA

 

MEMORIAL MINAS GERAIS VALE

Endereço: Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias 

Horário de funcionamento: terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 17h30, com permanência até 18h. Quintas, das 10h às 21h30, com permanência até 22h. Domingos, das 10h às 15h30, com permanência até 16h. 

http://www.memorialvale.com.br

https://www.facebook.com/memorialvale  

https://www.youtube.com/user/memorialvale 

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA 

_________________________________________________________

 

Luz Comunicação

Coordenação: Jozane Faleiro – (31) 3567-6714 | 9.9204-6367

jozane@luzcomunicacao.com.br 

 

RELACIONAMENTO COM A IMPRENSA – VALE

Christiano Borges – (31) 3916-2025 | 9.8478-4374

christiano.borges@vale.com